Sobre a Revista

Histórico da revista

Estudos Bíblicos nasceu dos “comentários” de caráter exegético, hermenêutico e homilético da Revista Eclesiástica Brasileira (REB), um anexo publicado a partir de 1984 pela Editora Vozes. Dois anos depois, tornou-se uma revista independente, com periodicidade trimestral constante, mantida com fidelidade.

A revista Estudos Bíblicos é testemunha do interesse cada vez maior pelo estudo da Sagrada Escritura. Pelo aprofundamento no conhecimento das Escrituras visa também atender aos interesses da pastoral bíblica, das celebrações litúrgicas e das exigências da vida cristã em geral.

A Editora Vozes foi a responsável pela publicação impressa desde o início, a qual foi suprimida em 2020. Nesse ano, a revista foi interrompida para que fosse possível uma grande reformulação técnica, a transição do formato impresso para o eletrônico e a mudança do responsável pela publicação. A Estudos Bíblicos foi retomada em 2021, somente em formato eletrônico, passando a ser publicada pela Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica (Abib), da qual é a revista oficial.

  

Filiação institucional

A Estudos Bíblicos é publicada pela Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica, organização sem fins lucrativos, que reúne pesquisadores e pesquisadoras na área bíblica desde 2004.

 

Missão

A Estudos Biblicos difunde trabalhos científicos que construam um diálogo entre a ciências bíblicas e a ação pastoral, mostrando a incidência da Bíblia na realidade contemporânea.

 

Foco e escopo

Estudos Bíblicos se caracteriza por ser uma revista elaborada por estudiosos da Sagrada Escritura, preocupados em tornar a mensagem bíblica mais compreensível e útil para a vida cristã. À luz da experiência sócio-religiosa das comunidades eclesiais e do estudo da Palavra de Deus, seus colaboradores procuram apresentar textos que respeitam os critérios de cientificidade de maneira compreensível aos agentes de pastoral.

Estudos Bíblicos é uma revista de caráter ecumênico. Seus colaboradores representam diferentes Igrejas, como a Católica, a Luterana, a Metodista, a Anglicana, a Presbiteriana e a Batista. Respeitando as diferentes denominações cristãs, procuram valorizar o amor comum à Palavra de Deus e a fidelidade à mensagem de Jesus Cristo para os dias de hoje.

 

Descritores

Teologia Bíblica; Hermenêuticas bíblicas; Bíblia e Pastoral; Leitura bíblica latino-americana; Estudos bíblicos.

 

Destinatários

De caráter ecumênico, destina-se a professores e estudantes de Teologia, sacerdotes, pastores, agentes de pastoral das diferentes Igrejas Cristãs, bem como a todos os interessados num conhecimento mais profundo das Escrituras.

 

Periodicidade 

Estudos Bíblicos é publicada semestralmente a partir de 2019. De 1984 a 2018, manteve uma publicação trimestral contínua e ininterrupta, com o mínimo de 32 artigos por volume. Em 2020, foi interrompida para que fosse possível uma grande reformulação técnica, a transição do formato impresso para o eletrônico e a mudança da publicação da revista da Editora Vozes para a Abib. Números especiais podem ser publicados em casos particulares. 

 

Políticas

Política de acesso

 A partir de 2021, todos os números da Estudos Bíblicos foram disponibilizados com livre acesso, a partir da plataforma Open Jounal Systems (OJS). A revista é publicada com a licença Creative Commons Atribuição Não comercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0). Isso significa que qualquer usuário tem permissão para acessar os artigos, ler, armazenar, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou vincular os textos completos dos artigos, rastreá-los para indexação e inseri-los como dados em softwares

 Política de avaliação

A submissão de manuscritos à Estudos Bíblicos é feita exclusivamente pelo sistema OJS. A pré-avaliação dos manuscritos submetidos conta com a verificação do texto em relação ao foco, escopo, descritores, redação e adequações normativas da revista, feita pelos editores. Também se procede a verificação de plágio e auto-plágio, tendo este último o limite de 25%. Todos os textos em forma de artigo ou comunicação submetidos à Estudos Bíblicos são encaminhados a pareceristas ad hoc, de forma que passam por um processo de revisão duplo cega (peer blind review). Os pareceristas são escolhidos a partir das temáticas e abrangência de atuação como pesquisadores a partir da plataforma nacional Lattes; também são convidados pareceristas estrangeiros a partir do reconhecimento de sua publicação acadêmica na área avaliada. Cada parecerista deve declarar disponibilidade, capacidade e a ausência de conflitos de interesses previamente à avaliação.

A avaliação considera os seguintes aspectos: relevância do conteúdo para a pesquisa bíblica; originalidade (em caso de artigo original); estrutura; linguagem e redação; fundamentação teórica e argumentação; qualidade das fontes utilizadas; adequação às normas de redação da revista. A decisão final da publicação é reservada aos editores, que consideram todo o processo avaliativo e os princípios éticos da revista. Em caso de conflitos entre pareceres, os editores podem enviar o texto a um terceiro parecerista ad hoc. Resenhas são avaliadas por um membro do conselho científico e pelo corpo de editores.

Políticas de seção

Expediente: ISSN, título, conselho editorial e editores, missão, indexadores, ficha catalográfica, informações de contato.

Submissões abertas ( X )          Indexado (  ) Avaliação por pares (  )

 

Editorial: texto organizado por um dos editores que apresenta o tema do dossiê e os artigos e comunicações do fascículo.

Submissões abertas ( X )          Indexado ( X ) Avaliação por pares (  )

 

Artigos: os artigos submetidos à Estudos Bíblicos podem ser originais ou de revisão, sendo que cada volume mantém um mínimo de 60% de artigos originais. A partir de 2021, os artigos são divididos em duas subseções: “Artigos - Dossiê”, reunindo artigos na temática proposta pela chamada do número, e “Artigos - Temática livre”, reunindo textos de diversos temas. O número de artigos pode variar por fascículo, sendo um mínimo de 16 por volume. A estrutura do artigo deve seguir as diretrizes para autores. Há uma pré-avaliação dos editores, considerando adequação ao foco/escopo, missão, e descritores, a relevância do tema, a formatação e a adequação geral às normas da revista. Após isso, são submetidos a uma avaliação por dois pareceristas ad hoc no formato duplo-cega (ou double blind review).

Submissões abertas ( X )          Indexado ( X ) Avaliação por pares ( X )

 

Comunicações: publica textos no formato de ensaio, relato de caso, relatórios de pesquisas em andamento, reflexões temáticas, entrevistas e textos que não se encaixam em outras seções. A avaliação é feita pela equipe editorial, a partir das normas da revista e, caso aprovadas, são submetidas a dois pareceristas para avaliação no formato duplo-cega.

Submissões abertas ( X )          Indexado (  ) Avaliação por pares ( X )

 

Nominata: no último número do ano, é publicada a nominata com os pareceristas ad hoc que avaliaram os artigos do volume.

Submissões abertas ( X )          Indexado (  ) Avaliação por pares (  )

 

Resenhas e recensões: a revista aceita resenhas de livros, de forma descritiva ou crítica. O texto é avaliado por um membro do conselho científico e pelo corpo de editores.

Submissões abertas ( X )          Indexado (  ) Avaliação por pares (  )

 

Política de ética e retratação

 A Estudos Bíblicos preza pelos princípios éticos que regem a publicação científica no mundo acadêmico, garantindo a honestidade e idoneidade das publicações, zelando por altos padrões éticos nas publicações. Dessa forma, valoriza-se o diálogo entre os pareceristas e os autores, promovendo a autonomia e liberdade acadêmica, fundamentadas na objetividade, na crítica fundamentada, na razoabilidade, na busca pela imparcialidade, em um ambiente de debate e respeito.  O grupo de editores da Estudos Bíblicos orienta sua ação em relação à ética e retratação a partir do Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), bem como na orientação "Publicação internacional de pesquisa: padrões internacionais para editores", publicada pelo Scielo. Em caso de retratação, o Conselho Editorial segue as diretrizes propostas pelo Scielo, indicando no sumário da publicação original que trata-se de um texto retratado.  A verificação de plágio dos artigos é feita a partir do software CopySpider ou do sistema DocxWeb. Em caso de detecção de similitude, o editor responsável dialoga com o(s) autor(es)  solicitando seus comentários antes de definir que é um comportamento de plágio.

Política de direitos autorais e indexação pelos autores

Na submissão, o(s) autor(es) declaram que trata-se de texto original e inédito, não submetido a outros periódicos. Também declara(m) que não há conflitos de interesses em relação ao texto e que é(são) responsável(is) pelo conteúdo do manuscrito e que este não viola nenhum direito de terceiros. Além do mais, declara(m) que a submissão de manuscrito à Estudos Bíblicos implica a cessão imediata dos direitos de publicação eletrônica e impressa à revista e que são mantidos à(s) autora(s) e ao(s) autor(es) os direitos autorais. A partir da plataforma OJS, pode(m) acessar o arquivo da versão pre-print de seu trabalho e, tão logo seja publicada, também a versão post-print, que pode ser depositada a qualquer momento em repositórios institucionais ou em páginas pessoais. 

 

DIgital Object Identifier (DOI)

A revista Estudos Bíblicos está registrada no DOI sob o prefixo 10.54260. A esse número, acrescenta-se o sufixo "eb.", identificando o nome da revista, o número do volume, indicado, por exemplo, como "v37", seguida pelo número do fascículo, no formato "i143", por exemplo.  

 

Arquivamento

Como integrante do Open Journal Systems (OJS), o sistema de arquivamento da Estudos Bíblicos é o LOCKSS, o qual possiblita a distribuição nas bibliotecas, bem como a preservação dos números publicados. Também utiliza a Rede de Preservação do PKP (PKP PN), que oferece serviços gratuitos de preservação para qualquer revista OJS. A revista possui protocolos de interoperabilidade (OAI-PMH: Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting).

 

Indexadores e bases de dados

A Estudos Bíblicos atualmente possui as seguintes vinculações:

Associada à: Crossref, Ibict - Catálogo Coletivo Nacional.

Indexadores e repositórios / bases de dados: Latindex, New Testament AbstractsOld Testament AbstractsGoogle Acadêmico, REDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico, Index Theologicus, Diadorim, Bibliografia Bíblica Latino-Americana, LivRe, Road, Rede Pergamum, Catalogo Italino dei Periodici, Gateway Bayern, ZDB - Zeitschriften Datenbank, Sudoc, Sumários.org, Europub, Elektronische Zeitschiftenbibliothek, Directory of Research Journals Indexing.

 Divulgadores: SwisscoveryWorldCatKatalog Universität WürzburgTindale House Biblical Weblinks, Katalog für die Bibliotheken der Universität Heidelberg, Bayerische StaatsBibliothek, Katalog für die Bibliotheken der Universität Heidelberg, Augustana, Departamental Library of Diaconic Studies, Health Care and Social Work, Evangelische Landeskirche in Württemberg, Harvard Divinity Scholl Library.

 

Ficha Catalográfica

Dados da Catalogação na Publicação

Bibliotecária Nadia Ficht CRB 9/1386

 

Estudos bíblicos / Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica. – v.1, n.1 (1984).

- São Paulo: Abib, 2021. 23 cm

Trimestral a partir de 1984.

Semestral a partir de 2018

Interrompida em 2020.

ISSN: 1676-4951 (versão impressa)

2764-1287(versão eletrônica)


1. Teologia. 2. Estudos bíblicos. 3. Hermenêutica (religião). I. Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica. II. Título.

CDD 20. ed. – 230