Manuscritos do deserto da Judeia: Introdução geral

Autores

Palavras-chave:

Manuscritos do Deserto da Judeia, Qumran, Bíblia Hebraica, Antigo Testamento, Crítica textual, Manuscritos bíblicos

Resumo

Este breve artigo é dedicado aos Manuscritos do Deserto da Judeia, mais conhecidos como Manuscritos do Mar Morto, enfocando, principalmente, aspectos característicos e históricos. Neste texto, são comentadas, de maneira concisa, as descobertas mais relevantes de apenas quatro localidades da região do Deserto da Judeia, onde foram encontrados manuscritos contendo textos bíblicos: Ḥirbet Qumran, Wadi Murabba‘at, Naḥal Ḥever e Massada.

Biografia do Autor

Edson de Faria Francisco, Universidade Metodista de São Paulo, Brasil

Doutor em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas pela Universidade de São Paulo, Mestre em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas pela Universidade de São Paulo. Pós-doutor em Língua Hebraica, Literatura e Cultura Judaicas pela Universidade de São Paulo. Professor na Universidade Metodista de São Paulo, Brasil.

Referências

Berezin, J. Rifka. Dicionário Hebraico-Português. São Paulo: Edusp, 1995.

Brotzman, Ellis R. Old Testament Textual Criticism: A Practical Introduction. Baker: Grand Rapids, 1994.

Deist , Ferdinand E. Towards the Text of the Old Testament. 2. ed. Pretoria: N.G. Kerkboekhandel Transvaal, 1981.

Fischer, Alexander A. O Texto do Antigo Testamento – Edição Reformulada da Introdução à Bíblia Hebraica de Ernst Würthwein. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2013.

Francisco, Edson de F. Manual da Bíblia Hebraica: Introdução ao Texto Massorético – Guia Introdutório para a Biblia Hebraica Stuttgartensia. 3. ed. São Paulo: Vida Nova, 2008.

Frank, Harry T. “A Descoberta dos Manuscritos”. In: Shanks, H. (org.). Para compreender os Manuscritos do Mar Morto. 4. ed. Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1993, p. 3-20.

Golb, Norman. Quem escreveu os Manuscritos do Mar Morto? Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

GARCÍA MARTÍNEZ, Florentino; TREBOLLE BARRERA, Julio. Os homens de Qumran: literatura, estrutura e concepções religiosas. Tradução de Luis Fernando Gonçalves Pereira. Petrópolis: Vozes, 1996. 299p.

Gottwald , Norman K. Introdução socioliterária à Bíblia Hebraica. 2. ed. Coleção Bíblia e Sociologia. São Paulo: Paulus, 1988.

Laperrousaz, Ernest-Marie. Os Manuscritos do Mar Morto. São Paulo: Círculo do Livro, 1992.

Machado, Jonas; Funari, Pedro Paulo A. Os Manuscritos do Mar Morto: Uma Introdução atualizada. Coleção História e Arqueologia em Movimento. São Paulo: Annablume-FAPESP, 2012.

Mackenzie, John L. Dicionário Bíblico. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 1984.

McCarter Jr., Peter K. Textual Criticism: Recovering the Text of the Hebrew Bible.

Guides to Biblical Scholarship. Old Testament Guides 11. Philadelphia: Fortress Press, 1986.

Pisano, Stephen. “O Texto do Antigo Testamento”. In: Simian-Yofre, H. (coord.) et al. Metodologia do Antigo Testamento. Coleção Bíblica Loyola 28. São Paulo: Loyola, 2000, p. 39-71.

Roberts , Bleddyn J. The Old Testament Text and Versions: The Hebrew Text in Transmission and the History of the Ancient Versions. Cardiff: University of Wales Press, 1951.

Schiffman, Lawrence H. “As origens saduceias da seita dos Manuscritos do Mar Morto”. In: Shanks, H. (org.). Para compreender os Manuscritos do Mar Morto. 4. ed. Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1993, p. 37-52.

Shanks, Hershel (org.). Para compreender os Manuscritos do Mar Morto. 4. ed. Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1993.

_____. “Cavernas e eruditos: Uma visão geral”. In: Shanks, H. (org.). Para compreender os Manuscritos do Mar Morto. 4. ed. Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1993, p. xiii-xxxvii.

Silva , Clarisse F. da. O Comentário (Pesher) de Habacuc: A comunidade de Qumran reinterpreta o passado. Coleção Judaica. São Paulo: Humanitas-FAPESP, 2010.

_____.O Novo Templo e a Aliança Sacerdotal da Comunidade de Qumran: Um Estudo sobre o Rolo do Templo (11QTa). Coleção Judaica. São Paulo: Humanitas-FAPESP, 2013.

Simian-Yofre, Horácio (coord.) et al. Metodologia do Antigo Testamento. Coleção Bíblica Loyola 28. São Paulo: Loyola, 2000.

Tov , Emanuel. Textual Criticism of the Hebrew Bible. Minneapolis-Assen/Maastricht: Fortress Press-Van Gorcum, 1992.

_____. Textual Criticism of the Hebrew Bible. 2. ed. Minneapolis-Assen: Fortress Press-Royal Van Gorcum, 2001.

_____. Hebrew Bible, Greek Bible, and Qumran: Collected Essays. Texts and Studies in Ancient Judaism 121. Tübingen: Mohr Siebeck, 2008.

_____. “The Biblical Texts from the Judean Desert – An Overview and Analysis”. In: id. Hebrew Bible, Greek Bible, and Qumran: Collected Essays. Texts and Studies in Ancient Judaism 121. Tübingen: Mohr Siebeck, 2008, p. 128-154.

_____. Revised Lists of the Texts from the Judaean Desert. Leiden-Boston: Brill, 2010.

_____. Textual Criticism of the Hebrew Bible. 3. ed. Minneapolis: Fortress Press, 2012.

Trebolle Barrera, Julio. A Bíblia Judaica e a Bíblia Cristã: Introdução à História da Bíblia. Petrópolis: Vozes, 1996.

Ulrich, Eugene (ed.). The Biblical Qumran Scrolls: Transcriptions and Textual Variants. Supplements to Vetus Testamentum 134. Leiden-Boston: Brill, 2010.

Van der Kam, James C. “O povo dos Manuscritos do Mar Morto: Essênios ou saduceus?” In: Shanks, H. (org.). Para compreender os Manuscritos do Mar Morto. 4. ed. Coleção Bereshit. Rio de Janeiro: Imago, 1993, p. 53-66.

Vermès, Géza. Os Manuscritos do Mar Morto. São Paulo: Mercuryo, 1994.

Würthwein , Ernst. The Text of the Old Testament: An Introduction to the Biblia Hebraica. 2. ed. Grand Rapids: Eerdmans, 1995.

Downloads

Publicado

07/10/2021

Como Citar

FRANCISCO, E. de F. . Manuscritos do deserto da Judeia: Introdução geral. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 34, n. 136, p. 361–381, 2021. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/84. Acesso em: 29 jan. 2023.