O profetismo na história: confluências históricas, sociais e políticas adjacentes ao livro de Oseias

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54260/eb.v39i147.986

Palavras-chave:

Profetismo, Oseias, História do Antigo Israel, História da Antiga Judá

Resumo

Tratar do profetismo bíblico incorre invariavelmente em se aproximar da relação contingencial entre experiência religiosa e história. Assim, ao abordar o livro de Oseias, o presente artigo reconhece a necessidade de se enxergar as confluências históricas, sociais e políticas que perpassam seus textos. Entretanto, ao transparecer-se a aparente impossibilidade de tratar tal obra como se fosse circunscrita em um único contexto, surge a tarefa de examinar as características dos diferentes momentos que se mostram latentes em suas perícopes e que marcaram seu processo redacional. Para tanto, tomou-se como método a realização de uma leitura crítica da chamada História Deutoronomista, em diálogo constante com os recentes avanços da arqueologia. Em primeiro momento, retomou-se os primórdios da monarquia em Israel, com foco na ascensão, auge governamental e declínio dos omridas. Na sequência, analisou-se o ápice monárquico vivenciado por Jeroboão II e o enfraquecimento estatal com seus sucessores, em paralelo com o desenvolvimento da realeza judaíta, com ênfase em Josias. Por fim, direcionou-se atenção específica para com a concretude do viver social nos períodos de reinado desses dois monarcas. Nessa perspectiva, o profetismo em Oseias foi visto na complexidade de sua relação com as distintas dimensões da história que o circundou.

Biografia do Autor

Matheus Eduardo de Oliveira Rocha, Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, Brasil

Mestre e doutorando em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Referências

ABMA, Richtsje. Bonds of Love: Methodic Studies od Prophetic Texts with Marriage Imagery (Isaiah 50:1-3 and 54:1-10, Hosea 1-3, Jeremiah 2-3). Amsterdam: Van Gorcum, 1999. DOI: https://doi.org/10.1163/9789004358706_006

ALBERTZ, Rainer. Why a Reform Like Josiah's Must Have Happened. In: GRABBE, Lester L. (Ed.). The Hebrew Bible and History: Critical Readings. Londres: T & T Clark, 2019. p. 21-44. DOI: https://doi.org/10.5040/9780567672698.0029

CARDOSO, Nancy. Conhecer os desejos da terra: profecias de Gomer no livro de Oseias. Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana, São Bernardo do Campo, v. 80, n. 2, p. 125-144, 2019. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-metodista/index.php/Ribla/article/view/9904. Acesso em: 31 mai. 2022. DOI: https://doi.org/10.15603/1676-3394/ribla.v80n2p125-144

CLINES, Erich. “Contested Peripheries” in World Systems Theory: Megiddo and the Jezreel Valley as a Test Case. Journal of World-Systems Research, Riverdale, v. 6, n. 1, p. 7-16, 2000. DOI: https://doi.org/10.5195/jwsr.2000.233

CROATTO, José Severino. As linguagens da experiência religiosa: uma introdução à fenomenologia da religião. São Paulo: Paulinas, 2010.

FINKELSTEIN, Israel. King Solomon’s Golden Age: History or Myth? In: SCHMIDT, Brian B.; FINKELSTEIN, Israel; MAZAR, Amihai (Eds.). The Quest for the Historical Israel: Debating Ar-chaeology and the History of Early Israel. Atlanta: Society of Biblical Literature, 2007. p. 107-116.

FINKELSTEIN, Israel. O Reino Esquecido: Arqueologia e História de Israel Norte. São Paulo: Paulus, 2015.

FINKELSTEIN, Israel.; SILBERMAN, Neil Asher. A Bíblia Desenterrada: a nova visão arqueológica do antigo Israel e das origens dos seus textos sagrados. Petrópolis: Vozes, 2019.

FONTAINE, Carole R. Hosea. In: BRENNER, Athalya (Ed.). A Feminist Companion to The Latter Prophets. Sheffield: Sheffield Academic Press, 1995.

FOUCAULT, Michel. Em Defesa da Sociedade: curso no Collège de France (1975-1976). São Paulo: Martins Fontes, 2005.

KAEFER, José Ademar. A Bíblia, a arqueologia e a história de Israel e Judá. São Paulo: Paulus, 2018.

KAEFER, José Ademar.; MENDONÇA, Élcio Valmiro Sales. A escavação de Megiddo e a descoberta da tumba real. Estudos de Religião, São Bernardo do Campo, v. 33, n. 1, p. 125-147, 2019. Disponí-vel em: https: https://www.metodista.br/revistas/revistas-metodista/index.php/ER/article/view/9271. Acesso em: 31 mai. 2022. DOI: https://doi.org/10.15603/2176-1078/er.v33n1p125-147

KAEFER, José Ademar. Quando Judá se torna Israel. Revista Pistis & Praxis. Curitiba, v. 12, n. 2, p. 391-409, 2020. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/pistispraxis/article/view/27100/24429. Acesso em: 31 mai. 2022.

KEEFE, Alice A. The Female Body, The Body Politic and the Land: A Sociopolitical Reading of Ho-sea 1-2. In: BRENNER, Athalya (Ed.). A Feminist Companion to The Latter Prophets. Sheffield: Sheffield Academic Press, 1995. p. 70-100.

KEEFE, Alice. Woman’s Body and the Social Body in Hosea. Sheffield: Sheffield Academic Press, 2001.

KEEFE, Alice A. Hosea. In: YEE, Gale A.; PAGE Jr., HUGH R.; COOMBER, Matthew J.M (Eds.). The Prophets: Fortress Commentary on the Bible Study Edition. Minneapolis: Fortress Press, 2014. p. 560-592.

LIMA, Maria de Lourdes Corrêa. Culto no Israel Norte, no século VIII a.C.: A concepção do livro de Oseias. Revista de Cultura Teológica. São Paulo, v. 27, n. 93, p. 25-53, 2019. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/culturateo/article/view/rct.i93.40694. Acesso em: 31 mai. 2022. DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i93.40694

LISBÔA, Célia Maria Patriarca. Cotidiano e violência: Uma leitura histórico-social de Oseias 1-3. Fragmentos de Cultura. Goiânia, v. 17, n.7/8, p. 757-774, 2007. Disponível em: https://seer.pucgoias.edu.br/index.php/fragmentos/article/view/356. Acesso em: 31 mai. 2022.

LIVERANI, Mario. Más Allá de la Bíblia: Historia Antigua de Israel. Barcelona: Crítica, 2005.

LIVERANI, Mario. The Ancient Near East: History, Society and Economy. New York: Routledge, 2014. DOI: https://doi.org/10.4324/9781315879895

MALAMAT, Abraham. History of Biblical Israel: Major Problems and Minor Issues. Boston: Brill, 2001. DOI: https://doi.org/10.1163/9789004496194

MAZAR, Amihai. The divided Monarchy: Comments on Some Archaeological Issues. In: SCHMIDT, Brian B.; FINKELSTEIN, Israel.; MAZAR, Amihai. (Eds.). The Quest for the Historical Israel: Debat-ing Archaeology and the History of Early Israel. Atlanta: Society of Biblical Literature, 2007. p. 159-180.

MCCONVILLE, J. Gordon. The book of Hosea. In: BODA, Mark J; MCCONVILLE, J. Gordon (Eds.). Dictionary of the Old Testament: Prophets. Downers Grove: InterVarsity Press, 2012. p. 330-348.

MENDONÇA, Élcio Valmiro Sales. A Dinastia Omrida: Reconstrução do Primeiro Estado Indepen-dente de Israel a partir da Bíblia e da Arqueologia. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) – Escola de Comunicação, Educação e Humanidades, São Bernardo do Campo, 2017.

NA’AMAN, Nadav. The Kingdom of Judah under Josiah. Journal of the Institute of Archaelogy of Tel Aviv University. Tel Aviv, v. 18, n. 1, p. 3-71, 1991. DOI: https://doi.org/10.1179/tav.1991.1991.1.3

NA’AMAN, Nadav. Ancient Israel’s History and Historiography: The First Temple Period. Winona Lake: Eisenbrauns, 2006. DOI: https://doi.org/10.1515/9781575065694

OTTERMANN, Monika. “Eu sou tua Anat e tua Aserá...” Yhwh e Aserá (não só) no livro de Oseias. In: DREHER, Carlos A.; MUGGE, Erny.; HAUENSTEIN, Iria.; DREHER, Isolde R. (Orgs.). Profecia e Esperança: Um tributo a Milton Schwantes. São Leopolfo: OIKOS Editora, 2006. p. 273-282.

PAULA, Adna Candido de. Paul Ricouer e a orientação ética das narrativas ficcionais: um problema hermenêutico. In: PAULA, Adna Candido de; SPERBER, Suzi Frankl. Teoria literária e hermenêuti-ca Ricoeuriana: um diálogo possível. Dourados: Editora UFGD, 2011. p. 195-214.

PIXLEY, Jorge. A história de Israel a partir dos pobres. Petrópolis: Editora Vozes, 1990.

RICOEUR, Paul. Time and Narrative. Chicago: University of Chicago Press, 2012. v. 1.

SAMPAIO, Tânia Mara Vieira. Movimentos do Corpo Prostituído da Mulher: Aproximações da profecia atribuída a Oseias. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

SAMPAIO, Tania Mara Vieira. Oseas: Outra Profecía. Revista de Interpretación Bíblica Latinoame-ricana. Quito, n. 35-36, p. 137-147, 2000.

SCHÖKEL, Luis Alonso.; DIAZ, José Luiz Sicre. Profetas: Introducciones y comentario. Madrid: Ediciones Cristiandad, 1980. v. 2.

SCHWANTES, Milton. Profecia e Estado: uma proposta para hermenêutica profética. Estudos Teo-lógicos. São Leopoldo, v. 22, n. 2, p. 105-146, 1982. Disponível em: http://ism.edu.br/periodicos/index.php/estudos_teologicos/article/view/1313/1264. Acesso em: 18 mai. 2022.

SILVA, Célio. Sobre os cumes dos montes sacrificam. 2012. Tese (Doutorado em Ciências da Reli-gião) – Faculdade de Humanidades e Direito, Universidade Metodista de São Paulo, 2012.

SMITH, Mark S. O Memorial de Deus: História, memória e a experiência do divino no Antigo Israel. São Paulo: Paulus, 2006.

TOSELI, Cecilia. Oseias 13 e a condenação dos touros jovens. Estudos Bíblicos. Petrópolis, v. 32, n. 128, p. 458-473, 2015. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/577. Acesso em: 31 mai. 2022.

UEHLINGER, Christoph. Was there a cult reform under King Josiah? The Case for a Well-Grounded Minimum. In: GRABBE, Lester L. (Ed.). The Hebrew Bible and History: Critical Readings. Londres: T & T Clark, 2019. p. 279-316. DOI: https://doi.org/10.5040/9780567672698.0030

WOLFF, Hans Walter. Hosea: A Commentary on the Book of the Prophet Hosea. Philadelphia: For-tress Press, 1974.

Downloads

Publicado

11/03/2024

Como Citar

ROCHA, M. E. de O. O profetismo na história: confluências históricas, sociais e políticas adjacentes ao livro de Oseias. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 39, n. 147, p. 45–62, 2024. DOI: 10.54260/eb.v39i147.986. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/986. Acesso em: 16 abr. 2024.