O “novo” começa no deserto (Oseias 2,4-25)

Autores

  • Tércio Machado Siqueira

Palavras-chave:

Reino do Norte, denúncia, deserto, bondade, coração

Resumo

A perícope de Oseias 2,4-25 está inserida nos relatos pessoais do profeta, mas isto não o isenta de apresentar um dos seus juízos mais radicais. Seu alvo era resgatar a identidade da fé israelita, perdida em meio às tentações promovidas pela prosperidade do Reino do Norte. Com o apelo para que o povo voltasse ao deserto e deixasse Javé lhe falar ao coração, Oseias elaborou uma afirmação querigmática de toda Bíblia. Sem recomendar e oferecer soluções mágicas e bélicas, ele propõe um caminho libertador que depende tanto do amor e da bondade de Deus como da vontade do povo de Deus.

Referências

BÍBLIA. Português. BÍBLIA DE JERUSALÉM. São Paulo: Paulus, 2013.

FABRY, Heinz-Josef; BOTTERWECK, G.J.; RINGGREN, H., editors. Theological Dictionary of the OT, vol. VII, Michigan/Cambridge: William B, Eerdmans Publishing Company.

FINKELSTEIN, Israel; SILBERMAN, Neil Asher. A Bíblia não tinha razão. São Paulo: Girafa, 2003.

MAERTENS, Thierry. Fiesta en honor a Yave. Madrid: Ediciones Cristiandad, 1964.

TUCKER, G.M. Prophecy and Prophetic Literature, Em: D.A. Knight, The Hebrew Bible and its Modern Interpreters, Philadelphia: Fortress/Scholars Press, 1985.

WOLFF, Hans Walter. Hosea. Philadelphia: Fortress Press, 1974.

Downloads

Publicado

08/01/2022

Como Citar

SIQUEIRA, T. M. . O “novo” começa no deserto (Oseias 2,4-25). Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 32, n. 128, p. 372–384, 2022. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/570. Acesso em: 17 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>