Salmo 38: um grito de socorro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54260/eb.v37i143.12

Palavras-chave:

Lamentação, Esperança, Cuidado Pastoral

Resumo

Entre as lamentações incluídas no Saltério, o Salmo 38 mostra o drama de um fiel javista que expõe seus problemas pessoais, no culto doméstico. Seu principal lamento diz respeito à sua enfermidade física, porém ele o estende à fuga dos amigos e suas próprias faltas. Apesar das duras limitações que o impedem de ter uma vida feliz, ele se revela uma pessoa confiante na resposta de Deus. O lamento desse salmista possibilita o exercício do cuidado pastoral.

Biografia do Autor

Tércio Machado Siqueira, Universidade Metodista de São Paulo, Brasil

Doutor em Ciências da Religião (Universidade Metodista de São Paulo). Mestre em Artes (School of Theology at Claremont, Claremont). Professor titular da Universidade Metodista de São Paulo, Brasil.

Referências

ALBERTZ, Rainer. Historia de la religión de Israel em tiempos del AT. Madrid. Editorial Trotta, 1999. v. 1-2.

BORTOLINI, José. Conhecer e rezar os Salmos: comentário popular para nossos dias. São Paulo: Paulus, 2000.

GERSTENBERGER, Erhard. Psalms, Part 1. Grand Rapids: Eerdmans, 1988.

GERSTENBERGER, Erhard. Como estudar os Salmos? São Leopoldo: Editora Sinodal, 2015.

GONZÁLEZ, Ángel. El Libro de los Salmos. Barcelona: Editorial Herder, 1977.

KRAUS, Hans-Joachim. Teología de los Salmos. Salamanca: Sígueme, 1985.

WEISER, Artur. Os Salmos. São Paulo: Paulus, 1994.

Downloads

Publicado

17/09/2021

Como Citar

SIQUEIRA, T. M. Salmo 38: um grito de socorro. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 37, n. 143, p. 54–61, 2021. DOI: 10.54260/eb.v37i143.12. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/12. Acesso em: 4 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>