“Faça isso e viverás” (Lc 10,28)

Autores

  • Tomaz Hughes Conferência dos Religiosos do Brasil, Brasil

Palavras-chave:

vida eterna, Lucas, misericórdia, bom samaritano, próximo

Resumo

Este artigo pretende mostrar que a “vida eterna” é uma realidade já existente entre nós e que não começa “no além”, depois da morte. Tem como princípio fundamental que o mais importante na vida de uma pessoa é praticar a compaixão e a misericórdia, como Jesus fazia, e que essa prática já é uma vivência da “vida eterna”. Analisa alguns elementos no texto da parábola conhecida como O Bom Samaritano, e demonstra como Jesus devolve a pergunta feita pelo legista, baseada numa visão jurídica e excludente do termo “próximo”, demonstrando que um argumento casuístico assim é estéril e que a pergunta importante é como tornar-se próximo” de qualquer sofredor.  Assim, terá não somente vida longa, mas “a vida eterna”.

Biografia do Autor

Tomaz Hughes, Conferência dos Religiosos do Brasil, Brasil

Assessor bíblico do Centro de Estudos Bíblicos (CEBI) e da Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB).

Referências

BOVON, F. El Evangelio según San Lucas. Salamanca: Sígueme, 2012. v. 2.

CONFERÊRENCIA EPISCOPAL LATINO AMERICANA E DO CARIBE. Documento de Aparecida. São Paulo: Paulus. 2007.

FITZMYER, J. A. El Evangelio según Lucas: introducción general. Madrid: Cristiandad, 1987. v. 2.

JEREMIAS, J. As Parábolas de Jesus. São Paulo: Paulinas, 1976.

PAGOLA, J. A. Jesus: aproximação histórica. Petrópolis: Vozes, 2010.

SCHÜRMANN, H. Il Vangelo Secondo Luca. Brescia: Paideia, 1998. v. 2.

SPINETOLI, O. Luca: il vangelo dei poveri. Assisi: Cittadella, 1982.

STORNIOLO, I. Como Ler o Evangelho de Lucas. São Paulo: Paulus, 1990.

VAUX, R. Instituições de Israel. São Paulo: Paulus, 2003.

Downloads

Publicado

15/10/2021

Como Citar

HUGHES, T. “Faça isso e viverás” (Lc 10,28). Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 31, n. 122, p. 199–205, 2021. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/255. Acesso em: 27 maio. 2024.