Uma aproximação entre vida eterna e longevidade a partir de Jo 5,24

Autores

Palavras-chave:

vida eterna, longevidade, manifestação, crer, palavra

Resumo

O presente artigo busca aproximar a temática joanina da vida eterna com a longevidade. Tal discussão é perfeitamente possível, pois, no quarto evangelho, a vida eterna não é tratada apenas como aquilo que se espera na pátria futura, ou no mundo que o fiel adentrará pela ressurreição, mas é manifestação do dom da vida no hoje, e que, deste modo, nos provoca a pensar na longevidade não somente como viver muitos anos, mas em vivê-los com qualidade. Em João, vida e vida eterna são termos correlatos, e, devida a sua recorrência, constituem-se como eixo fundamental no bloco que inicia em 4,46 e se encerra em 5,47, e possibilitam ao leitor-ouvinte perceber que nos dois relatos de cura (filho do funcionário real e paralítico de Betesda) há a manifestação da vida por meio de Cristo, já que ele tem o poder de dá-la (Jo 5,21). A partir de Jo 5,24 vê-se que crer e escutar a palavra são condições essenciais para ter a vida eterna e não ser julgado. Portanto, partindo deste texto, compreender-se-á a dinâmica da vida eterna enquanto tema teológico de João, e sua pertinente relação na discussão da longevidade.

Biografia do Autor

Rogério Goldoni Silveira, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brasil

Pós-graduado em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Mestrando em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Referências

BÍBLIA de Jerusalém. São Paulo: Paulus, 2004.

BROWN, R. El Evangelio según Juan. Madrid: Cristandad, 1999.

BULTMANN, Rudolf. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Teológica, 2004.

_____. Teología del Nuevo Testamento. Salamanca: Sigueme, 1981.

CASALEGNO, A. Para que contemplem a minha glória: introdução à teologia do Evangelho de João. São Paulo: Loyola, 2009.

COENEN, L.; BROWN, C. (Orgs.). Dicionário internacional de teologia do Novo Testamento. 2. ed. São Paulo: Vida Nova, 2000.

DODD, C. H. A interpretação do quarto evangelho. São Paulo: Paulinas, 1977.

FABRIS, R.; MAGGIONI, B. Os evangelhos (II). São Paulo: Loyola, 1992. (Coleção bíblica Loyola, v. 2).

KONINGS, J. Evangelho segundo João. São Paulo: Loyola, 2005.

LADD, G. E. Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2003.

LÉON-DUFOUR, Xavier. Leitura do Evangelho segundo João I. São Paulo: Loyola, 1996. (Coleção bíblica Loyola, v. 13).

_____. Leitura do Evangelho segundo João II. São Paulo: Loyola, 1996. (Coleção bíblica Loyola, v. 14).

MARGUERAT, D. (Org.). Novo Testamento: história, escritura e teologia. São Paulo: Loyola, 2009.

MATEOS, J.; BARRETO, J. O Evangelho de São João. Análise lingüística e comentário exegético. São Paulo: Paulinas, 1989.

MAZZAROLO, I. Nem aqui, nem em Jerusalém. Rio de Janeiro: Mazzarolo, 2001.

NESTLE, E; ALAND, K. Novum Testamentum Graece. 28. ed. Stuttgart: Deutsche

Bibelgesellschaft, 2012.

Downloads

Publicado

15/10/2021

Como Citar

SILVEIRA, R. G. . Uma aproximação entre vida eterna e longevidade a partir de Jo 5,24. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 31, n. 122, p. 218–231, 2021. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/257. Acesso em: 27 maio. 2024.