“Até quando, Senhor?”: do grito de sofrimento à confiança no Senhor em tempos de crise e pandemia à luz do Salmo 13

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54260/eb.v37i143.9

Palavras-chave:

Salmo 13, “Até quando, Senhor?”, Confiança no Senhor, Grito de sofrimento

Resumo

Inserido no Livro I do Saltério (Sl 3–41), o Sl 13 é uma lamentação individual na qual o salmista apresenta todo o seu sofrimento diante do Senhor, suplica e, por fim, manifesta a sua confiança no Senhor.  A observação dos elementos sintáticos, semânticos e estilísticos facilita a determinação da sua estrutura em três seções: na primeira (Sl 13,1-3), após o título (v. 1), é apresentado o lamento (v. 2-3), que se faz ouvir diante do Senhor por meio da repetida e enfática pergunta “até quando, Senhor?”; na segunda (Sl 13,4-5), o salmista eleva a sua súplica (v. 4abc) e manifesta a motivação deste pedido de ajuda (v. 4d-5c); na terceira (Sl 13,6), há a declaração de confiança e o louvor, prestado ao Senhor, que age em sua vida. Os elementos da seção II parecem espelhar a seção I. E, de modo geral, este Salmo, que é um modelo dos Salmos de lamentação, revela o movimento estabelecido na vida do orante: do grito de socorro e de uma situação de tormento (v. 2-3) rumo à saída definitiva deste estado de crise profunda. Ao final, sentindo-se ouvido pelo Senhor, o salmista eleva o seu “hino de louvor” cantado em breves palavras (v. 6cd), mas alicerçado na ação segura e firme do Senhor. Por todos estes motivos, o Sl 13 apresenta-se como um importante caminho de oração para o ser humano que vive em meio às crises neste tempo de pandemia.

Biografia do Autor

Rogério Goldoni Silveira, Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil

Mestre em Teologia Bíblica (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro). Professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil. 

Referências

ALONSO SCHÖKEL, Luis; CARNITI, Cecília. Salmos (1-72): tradução, introdução e comentá-rio. São Paulo: Paulus, 1996.

APARICIO RODRÍGUEZ, Ángel. Comentario filológico a los Salmos y al Cantar de los Canta-res. Madrid: BAC, 2012.

BACKETT, Joshua. Lament in three movements: the implications of Psalm 13 for justice and reconciliation. Journal of Spiritual Formation and Soul Care. 9, n. 2, p. 207-218, 2016. DOI: https://doi.org/10.1177/193979091600900206

BARTH, Ch. Gîl. In: BOTTERWECK, G. Johannes; RINGGREN, Helmer (Orgs.). Grande Léssico dell´Antico Testamento. Brescia: Paideia, 2003. v. 1, p. 2071-2082.

DeCLAISSÉ-WALFORD, Nancy; JACOBSON, Rolf A.; TANNER, Beth LaNeel (Orgs.). The book of Psalms. Grand Rapids, Michigan: Eerdmans, 2014.

ELLIGER, Karl; RUDOLPH, Wilhelm (Eds.). Bíblia Hebraica Stuttgartensia. Stuttgart: Deu-tsche Bibelgesellschaft, 1967/77.

FARIA, Jacir de Freitas. Salmos de sofrimento: expressão da interiorização das relações com Deus! Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana (RIBLA), Petrópolis, n. 45, p. 105-114, 2003.

FERNANDES, Leonardo Agostini. O fiel diante das crises: Salmo 42,1-12. In: FERNANDES, Leonardo Agostini; GRENZER, Matthias. Dança, ó terra: interpretando Salmos. São Paulo: Paulinas, 2013. p. 91-121.

GUNKEL, Hermann. Introducción a los Salmos. Valência: EDICEP, 1983.

GUTIÉRREZ, Gustavo. Falar de Deus a partir do sofrimento do inocente: uma reflexão a partir do livro de Jó. Petrópolis: Vozes, 1987.

KRAUS, Hans-Joachim. Los Salmos. Salamanca: Sígueme, 2009. v. 1.

LORENZIN, Tiziano. I Salmi. Milano: Paoline, 2001.

MARTTILA, Marko. Collective reinterpretation in the Psalms: a study of the redaction history of the Psalter. Tübinger: Germany, 2006.

MAYS, James Luther. Salmi. Torino: Claudiana, 2010.

RAVASI, Gianfranco. Il libro dei Salmi: commento e attualizzazzione. Vol. I. Bologna: Dehoni-ane, 2008.

ROSS, Allen P. A commentary on the Psalms (1–41). vol. I. Grand Rapids, Michigan: Kregel, 2011.

VAN DER LUGT, Pieter. Cantos and strophes in biblical Hebrew poetry: with special reference to the first book of the Psalter. Boston: Brill, 2006. DOI: https://doi.org/10.1163/9789047417101

WESTERMANN, Claus. Los Salmos de la Biblia. Bilbao: EGA, 1994.

ZENGER, Erich. I Salmi: preghiera e poesia. Brescia: Paideia, 2013. v. 1.

ZOBEL, H. J. Hesed. In: BOTTERWECK, G. Johannes; RINGGREN, Helmer (Orgs.). Gran Lessico dell'Antico Testamento. Brescia: Paideia, 2003. v. 3, p. 57-83.

Downloads

Publicado

17/09/2021

Como Citar

SILVEIRA, R. G. . “Até quando, Senhor?”: do grito de sofrimento à confiança no Senhor em tempos de crise e pandemia à luz do Salmo 13. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 37, n. 143, p. 43–53, 2021. DOI: 10.54260/eb.v37i143.9. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/9. Acesso em: 8 dez. 2021.