Pedra rígida ou gruta rochosa? (Mt 16,18)

Autores

  • Celso Loraschi Faculdade Católica de Santa Catarina, Brasil

Palavras-chave:

“Cefas”, Pedro, Pedra, Gruta, Igreja

Resumo

O artigo procura analisar o dito de Mt 16,18, debruçando-se especialmente sobre o sentido da palavra “pedra”, proferida por Jesus ao comissionar Pedro como líder da Igreja. Seguindo fundamentalmente o estudo de dois autores, defende a ideia de que o termo usado por Jesus, na língua aramaica, teria sido “Kefá”. Resgata, então, o significado desta palavra nos únicos textos em que ela aparece no Primeiro Testamento: Jr 4,29 e Jó 30,6. Para isso, apresenta um campo fonético-semântico ilustrativo, não
só de origem hebraica, mas também de outras línguas. Entra no Segundo Testamento, enfatizando a afinidade do texto de Mateus com o de Jo 1,42, onde se encontra a única referência explícita de “Kefá” (em gr. Kêfâs, port. Cefas) nos Evangelhos. Assim, busca trazer à tona o conteúdo “escondido” dentro desta palavra, revelando a importância de abrir-se aos novos conceitos derivados de interpretações que levam em conta o contexto histórico-cultural de onde emerge um texto bíblico.

Biografia do Autor

Celso Loraschi, Faculdade Católica de Santa Catarina, Brasil

Mestre em Teologia Dogmática com concentração em Estudos Bíblicos pela Faculdade Nossa Senhora da Assunção. Professor de Estudos Bíblicos nos Cursos de Extensão e Pós-Graduação na Faculdade Católica de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

10/10/2021

Como Citar

LORASCHI, C. . Pedra rígida ou gruta rochosa? (Mt 16,18). Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 33, n. 131, p. 119–126, 2021. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/170. Acesso em: 27 nov. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>