Paulo, os jogos e a linguagem esportiva

Autores

  • Zuleica Aparecida Silvano Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia/BH, Brasil

Palavras-chave:

Esportes, Helenismo, Competição, Luta, Linguagem agonística, Metáfora

Resumo

O esporte representa um dos principais componentes do mundo do espetáculo em todos os tempos. Paulo soube utilizar toda uma terminologia esportiva em suas cartas. O mundo helênico valorizava, sobremaneira, as atividades esportivas individuais, bem como, as disputas, torneios e competições em nível regional. A competitividade era uma marca registrada da cultura helênica. O “uso da linguagem e imagens desportivas, em Paulo, é semelhante ao uso simbólico-metafórico que verificamos no livro da Sabedoria, mormente para ilustrar elementos do agir cristão”. Paulo saberá fazer uso da linguagem que apela para a luta, a conquista, a competição (do grego agón: competição, lugar de luta, estádio; e agonízomai: lutar, competir) a fim de descrever a atitude que deve mover o cristão em sua missão evangelizadora. Essa linguagem “agonística” representa uma interessante pedagogia a ser seguida, inclusive hoje, a fim de atualizarmos a comunicação no processo da evangelização. Paulo procura aproveitar o que há de bom no “espírito esportivo” para aplicar aos evangelizadores.

Downloads

Publicado

17/10/2021

Como Citar

SILVANO, Z. A. . Paulo, os jogos e a linguagem esportiva. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 30, n. 120, p. 470–488, 2021. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/268. Acesso em: 18 jul. 2024.