Ação urgente e inteligente: estudo da parábola do administrador astuto em Lc 16,1-8

Autores

DOI:

https://doi.org/10.54260/eb.v37i144.224

Palavras-chave:

parábola, administrador astuto, Lc 16,1-8, ação urgente, ação inteligente

Resumo

O artigo aborda a Parábola do Administrador Astuto, registrada em Lc 16,1-8 e seus desdobramentos teológicos e hermenêuticos, visando a atuação cristã. A interpretação da presente parábola é marcada por discussões exegéticas e teológicas, devido às discussões quanto à delimitação da parábola, a relação com os ditos dos vv. 9-13, e à complicação teológica de Jesus contar uma história ressaltando uma ação desonesta. Com vistas a contribuir para a discussão, o artigo desenvolve-se partindo da análise do contexto literário, delimitação, forma, estrutura e ambiente, para então abordar seus conteúdos considerando a dinâmica narrativa própria da parábola. Conclui-se com um olhar para a teologia e atualização hermenêutica. Para tanto retoma o contexto e linguagem escatológicos da parábola e propõe que, em tempos marcados por morte, doença, descuido com a terra, características bíblica e teologicamente chamadas de “presente era”, a ação urgente e inteligente por parte dos cristãos. Como fundamentação das discussões, são revisitados autores com importantes contribuições para a compreensão da parábola.

Biografia do Autor

Lucas Merlo Nascimento, Faculdade Teológica Batista de São Paulo, São Paulo, Brasil

Mestre em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo. Doutorando na Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Professor e coordenador de pós-graduação na Faculdade Teológica Batista de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Referências

BAILEY, Kenneth E. Jesus pela ótica do Oriente Médio: estudos culturais sobre os Evangelhos. São Paulo: Vida Nova, 2016.

BAILEY, Kenneth E. As parábolas em Lucas. São Paulo: Vida Nova, 1995.

BERGER, Klaus. As formas literárias do Novo Testamento. São Paulo: Loyola, 1998.

BÍBLIA de Jerusalém. São Paulo: Paulus, 2006.

FITZMYER, Joseph A. El Evangelio segun Lucas III – traducion y comentario. Capitulos 8,22-18,14. Madrid: Cristiandad, 1987.

FREYNE, Sean. A Galiléia, Jesus e os Evangelhos: enfoques literários e investigações históricas. São Paulo: Loyola, 1996.

GOETZMANN, J. Casa. In.: COENEN, L.; BROWN, C. Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2000. v. 1, p. 291-294.

GOURGUES, Michel. As parábolas de Lucas: do contexto às ressonâncias. São Paulo: Loyola, 2005.

JEREMIAS, Joachim. As parábolas de Jesus. São Paulo: Paulus, 1976.

KEENER, Craig. Comentário histórico-cultural da Bíblia: Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 2017.

STAMBAUGH, J.; BALCH, D. L. O Novo Testamento em seu ambiente social. São Paulo: Paulus, 1996.

TRADUÇÃO Ecumênica da Bíblia. São Paulo: Loyola, 1994.

Downloads

Publicado

28/12/2021

Como Citar

NASCIMENTO, L. M. . Ação urgente e inteligente: estudo da parábola do administrador astuto em Lc 16,1-8. Estudos Bíblicos, São Paulo, v. 37, n. 144, p. 321–332, 2021. DOI: 10.54260/eb.v37i144.224. Disponível em: https://revista.abib.org.br/EB/article/view/224. Acesso em: 17 ago. 2022.